PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

A sustentabilidade no tapete vermelho

ECOA

07/02/2020 08h46

Você pode até achar que a cerimônia do Oscar é maçante, cafona, piegas, com discursos e homenagens pouco comoventes, música fora do tom, figurinos de gosto duvidoso, sorrisos forçados e piadas sem-graça. Concordo em parte, mas devo dizer que adoro a maior festa do cinema do mundo. E este ano temos uma ótima safra de filmes.

Gostaria ainda mais se o Oscar fosse mais ágil ao refletir o Zeitgeist, ou seja, o espírito da época, espírito do tempo ou sinal dos tempos. Enquanto os grandes eventos políticos, econômicos e de entretenimento discutem a emergência climática, não há filmes representativos da questão ambiental este ano na esperada premiação em Hollywood.

Mas se não tem "clima" nas telonas, tem consciência ambiental nos bastidores e no cenário do Oscar. Tanto a cerimônia quanto o Governors Ball, a festa pós-entrega da estatueta, serão totalmente livres de copos e garrafas descartáveis. Serão utilizados copos e taças de vidro. O cardápio será majoritariamente vegetariano com 70% do menu integralmente vegetal.

Outras medidas incluem o uso de carros elétricos da Audi para conduzir as celebridades ao tapete vermelho.

Bafta

Ma será que o dress code do Oscar refletirá a moda sustentável? A julgar pelo que se viu no Bafta, British Academy Film Awards, considerado o "esquenta" do Oscar americano, sim!

O Bafta solicitou aos convidados que se vestissem de maneira sustentável durante a premiação, apostando em peças alugadas, vintage, ou de seu próprio acervo. E distribuiu um guia de moda sustentável criado pelo Centro de Sustentabilidade do London College of Fashion, que sugere locais para aluguel e compras de pecas retro; alem de designers que possuem credenciais sustentáveis, como Stella McCartney, Phoebe English e Rejina Pyo.

Kate Midletton seguiu a risca! A Duquesa de Cambridge cruzou o tapete vermelho 100% reciclado do Bafta com um vestido branco longo de mangas curtas com detalhes dourados bordados da marca Alexander McQueen, que ela usou pela primeira vez durante uma viagem à Malásia em 2012.

O jantar teve menu vegano de fontes eco-friendly, proibição de qualquer plástico de uso único. As cestas de presentes tradicionalmente distribuídas aos indicados foram trocadas por carteiras recheadas de vales luxuosos, com o objetivo de para diminuir a pegada de carbono de seu transporte.

Globo de Ouro

O Globo de Ouro também brindou a turma da TV e do cinema com menu vegano, totalmente à base de plantas.

O ator Joaquin Phoenix faturou o prêmio de Melhor Ator em "Coringa", a bordo de um smoking Stella McCartney 100% sustentável e avisou que vai usar o mesmo smoking durante toda a temporada de premiações de 2020 para reduzir o volume de lixo produzido no planeta.

Grammy

No Grammy Awards de 2020, premiação da música internacional, teve gente que transformou sua garrafinha de água em acessório sustentável. A cantora Maggie Rogers combinou seu look Chanel com uma garrafinha térmica da poderosa Maison. Etiquetas como Balenciaga, Jacquemus e Moschino também apostaram no item.

Billie Eilish, californiana de 18 anos, a primeira mulher a entrar para a história do Grammy ao conquistar as 4 categorias mais importantes da premiação, apareceu com o cabelo tingido de verde para colocar em evidência a importância de preservar o meio ambiente.

Em novembro de 2019, Billie compareceu à cerimônia do American Music Awards trajando uma camiseta com o slogan "não há música num planeta morto", adotado pelo coletivo de artistas Music Declares Emergency, composto por Radiohead, The xx, Massive Attack, The 1975, entre outros.

A nova diva da música pop acaba de lançar uma coleção de roupas e acessórios para consumo consciente com a gigante H&M. Todas as peças da collab foram feitas de materiais de origem mais sustentável, como o algodão orgânico, que foi usado nas joggers e também nos vestidos com modelagem de t-shirt.

Billie planeja agora fazer seu próximo Where Do We Go? turnê mundial "o mais verde possível", proibindo canudos de plástico, incentivando os fãs a trazer suas próprias garrafas de água e colocando várias lixeiras em cada local.

A cantora vai cantar no Oscar. Na há detalhes de como vai ser a performance. Billie não está concorrendo em nenhuma categoria neste ano, mas quem sabe no próximo? Ela vai gravar em breve a musica tema do novo filme de James Bond "sem tempo para morrer", com estreia prevista para abril de 2020.

Domingo vamos conferir o quão verde sera o tapete vermelho do Oscar. Torcendo para que as próximas edições da linda festa exiba mais consciência ambiental também nas suas preciosas películas.

Sobre a autora

Rosana Jatobá é advogada e jornalista, com mestrado em Gestão e Tecnologias Ambientais pela USP. Foi repórter e apresentadora de televisão, tendo trabalhado na Band, na Globo e na RedeTV!. Foi eleita a melhor jornalista de sustentabilidade em 2013 e em 2016 e venceu o Prêmio Chico Mendes como Personalidade Ambiental do ano de 2014. Atualmente é âncora na rádio CBN e comanda o portal Universo Jatobá. Também é autora do livro de crônicas "Questão de Pele" e da "Coleção Jatobá para Ecoalfabetizaçao e Atitudes Sustentáveis para Leigos".

Sobre o Blog

Abordando atitudes sustentáveis do nosso dia a dia, o blog mostra como podemos buscar a melhor integração com o meio ambiente. Com mudanças e adaptações inteligentes, podemos viver em um lugar natural e agradável, além de economizar dinheiro, contribuir para minimizar o impacto socioambiental e gerar uma cidade mais saudável para todos. Começa no âmbito pessoal a mudança que desejamos ver no mundo.

Rosana Jatobá